Digital Business Day Chega A São Paulo Com Organização

18 Apr 2019 04:53
Tags

Back to list of posts

<h1>Criar este artigo Escrit&oacute;rio Exige Novos H&aacute;bitos E Versatilidade - Carreiras</h1>

social-media-cube-1024x922.jpg

<p>Empreenda tudo o que acontece pela pol&ecirc;mica mais recente da rede social e saiba como isso pode afetar seu perfil na plataforma. O Facebook est&aacute; no centro de uma nova pol&ecirc;mica relacionada &agrave; privacidade dos detalhes de seus usu&aacute;rios. Por volta de 50 milh&otilde;es de pessoas tiveram tuas sugest&otilde;es vazadas pra corpora&ccedil;&atilde;o de marketing pol&iacute;tico Cambridge Analytica a come&ccedil;ar por testes de personalidade na rede social. Desde 2017, domina-se que a organiza&ccedil;&atilde;o brit&acirc;nica teria usado detalhes acess&iacute;veis no Facebook para tra&ccedil;ar perfis psicol&oacute;gicos detalhados de eleitores dos EUA, na campanha pr&oacute;-Trump, e no Reino Unido, pela campanha pr&oacute;-Brexit.</p>

<p>Desde a elei&ccedil;&atilde;o do presidente americano, a consultoria pol&iacute;tica tem dito que sua t&eacute;cnica de marketing foi causador da vit&oacute;ria. O Que S&atilde;o? , mas, &eacute; a primeira abordagem a respeito as dimens&otilde;es e os estilos ilegais da estrat&eacute;gia. 1. O que aconteceu? Os jornais New York Times e The Guardian revelaram no &uacute;ltimo s&aacute;bado (17) que a Cambridge Analytica recebeu ilegalmente fatos de cerca de 50 milh&otilde;es de perfis de usu&aacute;rios do Facebook nos Estados unidos. A informa&ccedil;&atilde;o surgiu a partir de uma entrevista com o ex-funcion&aacute;rio da organiza&ccedil;&atilde;o brit&acirc;nica Christopher Wylie.</p>

<p>Os detalhes teriam sido usados para alimentar um sistema qualificado de tra&ccedil;ar um perfil psicogr&aacute;fico da popula&ccedil;&atilde;o americana para utilizar pela campanha de Donald Trump &agrave; presid&ecirc;ncia. O instrumento teria permitido apreender os tra&ccedil;os comportamentais dos eleitores pra ofertar-lhes propaganda pol&iacute;tica com mais chances de &ecirc;xito. A publicidade foi distribu&iacute;da no Facebook em forma de an&uacute;ncios patrocinados no feed. O problema era que o teste obtinha fatos n&atilde;o s&oacute; de quem preenchia os formul&aacute;rios e aceitava as condi&ccedil;&otilde;es de exerc&iacute;cio, por&eacute;m de toda a rede de contatos dos participantes. Mais tarde, Kogan teria entregado os dados &agrave; Cambridge Analytica.</p>

<p>A corpora&ccedil;&atilde;o diz ter usado a apoio de fatos para fazer uma campanha digital hiper-segmentada pra clientes como Trump. 2. Qual foi a culpa do Facebook? O vazamento de perfis teria acontecido por conta de uma pol&iacute;tica vers&aacute;til do Facebook com liga&ccedil;&atilde;o &agrave; entrega de sugest&otilde;es de perfis a aplicativos de terceiros na rede social. Entre 2007 e 2014, a empresa de Mark Zuckerberg ofereceu livremente dados de usu&aacute;rios a desenvolvedores de apps.</p>

<p>O formato feito por Kogan e usado pela Cambridge Analytica &eacute; parelho ao que existe hoje em dia em testes como o “Como voc&ecirc; seria do sexo oposto? ”, Como Pesquisas Online S&atilde;o capazes de Mudar O Seu E-commerce come&ccedil;o deste ano. Vale recordar que, apesar de Kogan ser citado como o criador do teste, o pesquisador Michal Kosinski alega ter fabricado a t&eacute;cnica em que se baseia o aplicativo explorado na organiza&ccedil;&atilde;o de marketing pol&iacute;tico.</p>

<ul>
<li>Pesquisadores m&eacute;dicos</li>
<li>3 Filantropia e o terceiro setor</li>
<li>Avan&ccedil;o das convers&otilde;es</li>
<li>Hidrata&ccedil;&atilde;o capilar</li>
<li>Restaura Jeans</li>
<li>10/07/2018 11h58 Atualizado 10/07/2018 11h58</li>
<li>quatro COMO TUDO COME&Ccedil;OU</li>
</ul>

<p>3. O que o Brasil tem a ver com isso? Vinte e cinco Franquias Para as pessoas que Quer Tocar Um Neg&oacute;cio Em Meio Per&iacute;odo milh&otilde;es de perfis obtidos na Cambridge Analytica serem todos dos Estados unidos, h&aacute; poss&iacute;veis reflexos do caso no Brasil. A suspens&atilde;o da parceria da Cambridge Analytica no Brasil ocorre assim como em meio a um inqu&eacute;rito instaurado pelo Minist&eacute;rio P&uacute;blico do Distrito Federal pra apurar se o Facebook compartilhou dados de usu&aacute;rios brasileiros com a consultoria brit&acirc;nica. Ainda n&atilde;o se entende se a Cambridge Analytica tem presen&ccedil;a no Brasil com outros parceiros al&eacute;m da ag&ecirc;ncia Ponte Estrat&eacute;gia.</p>

<p>4. O que o Facebook entende a respeito os usu&aacute;rios? O centro do problema de privacidade do Facebook est&aacute; na amplo quantidade de dicas que m&iacute;dia social mant&eacute;m de seus usu&aacute;rios. Al&eacute;m de fatos b&aacute;sicos como idade, naturalidade e contatos, a plataforma acumula o rumo profissional e amorosa, cidades em que morou, pessoas com quem convive e discuss&atilde;o e rotinas di&aacute;rias (idas &agrave; escola, servi&ccedil;o, academia, restaurantes e outros locais). Al&eacute;m do mais, a plataforma grava os interesses e gostos pessoais de cada usu&aacute;rio de acordo com as curtidas em p&aacute;ginas e artigos.</p>

<p>Estes dois &uacute;ltimos dados seriam os mais valiosos pra tra&ccedil;ar o perfil psicogr&aacute;fico por divis&atilde;o da Cambridge Analytica, gra&ccedil;as ao mecanismo produzido por Kogan. A rede social permite que o usu&aacute;rio obtenha todos os detalhes salvos de teu perfil em um arquivo ZIP. 5. Como defender dados do meu Facebook de aplicativos externos?</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License